sábado, 22 de abril de 2017

Arbitragem escandalosa no dérbi lisboeta

Sporting 1 vs Benfica 1

Artur Soares Dias acaba por ser o homem do jogo pelos piores motivos. Os encarnados acabam por ser novamente muito prejudicados pela arbitragem, algo que vem sendo uma normalidade ao longo da época. O Sporting entrou a ganhar num penalti claríssimo cometido por Ederson. Depois só deu superioridade do Benfica, a única equipa que encarou o jogo para ganhar. A posse de bola passiva e os rasgos individuais de Gerson Martins escondem um jogo fraco por parte da equipa liderada por Jorge Jesus. 
Artur Soares Dias, inacreditavelmente, conseguiu não assinalar 3 penáltis claríssimos a favor do Benfica. Aliás, foi uma das piores arbitragens do portuense nos últimos anos.
Do lado do Benfica, Rafa teve uma noite para esquecer, nulidade total. Restam 4 jornadas para a equipa da Luz manter a liderança e tentar conseguir o inédito tetra campeonato.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Jorge Simão de saída do Sp. Braga

É definitivo, a chicotada não surtiu efeito e Jorge Simão deixará o comando técnico do Sporting de Braga no final da presente temporada. Depois de uma série negra de 6 jogos consecutivos sem vencer (3 derrotas e 3 empates) para o campeonato, Salvador procura uma alternativa. Em cima da mesa estão nomes como Lito Vidigal e Daniel Ramos mas em Itália surgem rumores de que Gattuso é uma forte hipótese. 
Daniel Ramos é sem dúvida a melhor alternativa e um dos melhores treinadores portugueses da atualidade. Fez um trabalho soberbo no Famalicão na época passada fazendo mesmo sonhar os adeptos com a subida de divisão, o que não aconteceu mesmo na reta final do campeonato. Depois mudou-se para os Açores para orientar o Santa Clara e fez novamente um trabalho incrível mas o mau arranque do Marítimo fez Carlos Pereira contratar o treinador português. De salientar que Daniel Ramos deixou o clube dos Açores em zona de subida. O clube madeirense somava 5 jogos (1 vitória e 4 derrotas) e Daniel Ramos fez milagres mais uma vez. Pegou numa equipa despedaçada e em zona de descida e colocou-a a lutar pela Europa. De facto, Ramos é um treinador que merece já voos mais altos e não será de espantar se nos próximos 2 ou 3 anos já estiver num grande de Portugal.