sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Lista de convocados de Paulo Bento para o jogo particular com a Polónia


Lista de convocados:
Guarda-redes: Rui Patrício, Eduardo e Beto;
Defesas: João Pereira, Bruno Alves, Fábio Coentrão, Rolando, Pepe, Nélson e Ricardo Costa;
Médios: Carlos Martins, Moutinho, Manuel Fernandes, Miguel Veloso, Raul Meireles, Ruben Micael;
Avançados: Ronaldo, Hugo Almeida, Nani, Nelson Oliveira, Quaresma, Postiga e Varela.

Não fiquei surpreendido pelo fato de Nelson Oliveira ser convocado, porque mete Postigas no bolso. O que mais me surpreendeu foi ver os 3 mosqueteiros das balizas. Porquê que o Quim não tem lugar na seleção? É só o Guarda-Redes português menos batido. Mas a maior surpresa é ver Ruben Micael e não ver Hugo Viana. São ideias do nosso selecionador.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Quem é Cristian Tello?


Segundo o diário desportivo El Mundo Deportivo, Tello está a ser seguido pelo Benfica. O jogador da cantera do Barcelona nasceu a 11 de Agosto de 1991. É internacional sub-19 e sub-20 pela seleção espanhola. Estreou-se pela equipa principal dos catalães a 28 de Janeiro de 2012 frente ao Villarreal, onde jogou os últimos 15 minutos do encontro. Depois disso participou em mais 3 jogos, contra a Real sociedade (90 minutos), Osasuna (últimos 45 minutos) e Valência (últimos 24 minutos). Nestas 4 presenças apontou 2 golos (Real Sociedade e Osasuna).
É um jogador parecido com Nolito, com o mesmo estilo de jogo. Nos 4 encontros pela equipa principal do Barça jogou sempre pelo lado esquerdo do ataque, exceto num lance frente ao Osasuna em que apareceu no lado direito e marcou um bom golo de pé esquerdo.
É um jogador jovem, rápido, dinâmico e desequilibrador mas ainda com muito para aprender. Não é melhor que Nolito. Mas é um jogador com bastante margem de progressão e que pode dar que falar.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

A 2 e a 5 pontos



São muitos os blogs que estão a criticar fortemente Jorge Jesus após o desaire frente ao Vitória de Guimarães dizendo entre muitas coisas, que não tem dimensão suficiente para ser treinador de sucesso do Benfica. Ora bem, eis como um treinador passa de bestial a besta em menos de uma semana. Que treinadores teve o Benfica nos últimos anos em termos de dimensão? Ronald Koeman? Fernando Santos? Camacho? Chalana? Quique Flores? Pois, bem me parecia. JJ vai na terceira temporada de águia ao peito e, na minha opinião, tem feito um bom trabalho. Desde o fim da década de 80 e início da década de 90 que o Benfica não tem um treinador 3 anos consecutivos, o último foi Sven-Göran Eriksson (1989/90-1991/92). JJ já bateu alguns recordes de Eriksson mas isso vale o que vale, zero.
É verdade que JJ errou. Como é possível um treinador com a sua experiencia cometer erros tão graves a esta altura do campeonato? Mas uma coisa também é certa, não se pode julgar um treinador por 2 jogos. Quando JJ veio para o Benfica trouxe consigo o futebol e o futebol espetáculo. Desde os anos 90 que a equipa apenas jogava à bola e quando jogava (sim, é verdade, éramos roubados constantemente, mas isso também não pode ser desculpa para tudo). Com a entrada de JJ na Luz o Benfica iniciou uma nova fase. Foi necessário enraizar uma mente vencedora nos jogadores e escolher jogadores segundo critérios mais rigorosos.
Esta época o Benfica soma 3 derrotas, sendo que nestes 3 encontros Javi não jogou.
Sobre o jogo, Matic não é Javi, nem pouco mais ou menos. Ao jogar com Matic tem de jogar obrigatoriamente com Witsel (como é possível um jogador como Witsel ficar no banco?). As substituições não ocorreram no timing correto. Muito tardias. Emerson prova jogo após jogo ser o cancro da equipa, sem dúvida alguma.
Ponto da situação, o “criador dos novos momentos do futebol” tem apenas 2 pontos de vantagem sobre o miserável Porto de Vitor Pereira. E o Braga está à distância de uma mão cheia de pontos.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Lima cantou de galo à 19ª jornada - Gil Vicente 0 vs 3 Sp. Braga


Lima marcou todos os golos na vitória por 3-0 sobre o Gil Vicente, em Barcelos, e assim, está a par de Oscar Cardozo no topo dos melhores marcadores do campeonato.
Leonardo Jardim promoveu 2 alterações no onze inicial com o regresso de Elderson ao lado esquerdo da defesa e com o regresso à competição de Nuno André Coelho, depois de 6 meses de paragem por lesão.
Nuno André Coelho fez o último jogo, na 3ª jornada com o Vitória de Setúbal, então substituindo um lesionado Ewerton, situação que se repetiu novamente e que mostrou um central com uma exibição exemplar. Quem não tivesse conhecimento da lesão de Nuno André Coelho jamais a adivinharia depois da prestação do central.
Quim, Nuno André Coelho, Custódio, Hugo Viana e Hélder Barbosa, 5 portugueses na formação inicial, numeram que no decorrer do jogo iria aumentar com a entrada de Ruben Amorim para o lugar de Mossoró e Nuno Gomes para o lugar de Alan. Acresce ainda o nome de Ukra que entrou para o lugar de Barbosa.  Oito os portugueses utilizados por Leonardo Jardim  (haverá muitas equipas na Liga Zon Sagres assim?) no jogo fazendo parte de uma equipa que voltou a ter a magia de Mossoró, o voluntarismo e garra de Salino, simplicidade de Douglão e Elderson, experiência de Alan e o instinto e trabalho de Lima.
 Oito portugueses utilizados

Quim voltou a provar (se é que é preciso provar alguma coisa ainda) o porquê de ser o guarda-redes português menos batido, Custódio e Nuno André Coelho… tiveram paragens longas??? Hugo Viana usa escala milimétrica no futebol que produz, Helder não se cansa, Ruben Amorim voltou a provar que veio trazer muito ao Braga e Nuno Gomes é o exemplo do Bom Profissional e valor que não precisa de apresentações.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

E o árbitro do Vitória de Guimarães vs SL Benfica é... Txiii que Xistreza


Eis a outra arma para parar o SL Benfica. Depois da escolha habilidosa de Jorge Sousa para o jogo entre SL Benfica vs Nacional da Madeira que realizou uma arbitragem tendenciosa e descarada mas que em termos de resultado não conseguiu interferir muito devido ao potencial dos encarnados, a LPFP decidiu nomear outro artista de seu nome Carlos Xistra. Isso mesmo, aquele talentoso que expulsou Javi Garcia em Braga. A LPFP tem a plena consciência que o SL Benfica é a equipa mais forte do campeonato e que, se tudo correr conforme a normalidade acabará por se sagrar campeão nacional. E assim, a LPFP tem feito de tudo para contrariar esta tendência escolhendo árbitros que sempre prejudicaram o SL Benfica ao longo dos últimos anos.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

16 avos-de-final da Liga Europa 2011/2012: resultados e marcadores

1.ª MÃO
Steaua Bucareste-Twente, 0-1(John 53')
Wisla Cracóvia-Standard Liège, 1-1
(Genkov 88'; Tchite g.p. 28')
Udinese-PAOK, 0-0
Trabzonspor-PSV, 1-2
(Olcan Adin 33'; Matavz 6' e Toivonen 11')
Hannover 96-Club Brugge, 2-1
(Sobiech 73' e Schlaudraff g.p. 80'; Lestienne 51')
FC Porto-Manchester City, 1-2
(Varela 27'; Alvaro Pereira a.g. 55' e Agüero 85')
Stoke City-Valencia, 0-1
(Mehmet Topal 36')
Lokomotiv Moscovo-Athletic Bilbao, 2-1
(Glushakov 61' g.p., Caicedo 71'; Muniain 36')
RB Salzburg-Metalist, 0-4
(Taison 1', Cristaldo 37' e 41', Devic 90+1')
Ajax-Manchester United, 0-2
(Young 59' e Chicharito 85')
Viktoria Plzen-Schalke 04, 1-1
(Darida 22'; Huntelaar 75')
AZ Alkmaar-Anderlecht, 1-0
(Maher 35')
Lazio-Atlético Madrid, 1-3
(Klose 19'; Adrián 25' e Falcão 37' e 63')
Legia-Sporting, 2-2(Wawrzyniak 37', Gol 79'; Carriço 60', André Santos 88')
Sp. Braga-Besiktas, 0-2(Sivok 37' e Simão 58')

Rubin Kazan-Olympiakos, 0-1(Fuster 71')
2.ª MÃO
22 de fevereiro
Manchester City-FC Porto, às 17 horas

23 de fevereiro
Valencia-Stoke City, às 18 horas
Athletic Bilbao-Lokomotiv Moscovo, às 18 horas
Twente-Steaua Bucareste, às 18 horas
PAOK-Udinese, às 18 horas
PSV-Trabzonspor, às 18 horas
Club Brugge-Hannover 96, às 18 horas
Standard Liège-Wisla Cracóvia, às 18 horas
Besiktas-Sp. Braga, às 20h05
Manchester United-Ajax, às 20h05
Sporting-Legia, às 20h05
Schalke 04-Viktoria Plzen, às 20h05
Metalist-RB Salzsburg, às 20h05
Olympiacos-Rubin Kazan, às 20h05
Anderlecht-AZ Alkmaar, às 20h05
Atlético Madrid-Lazio, às 20h05

E o Porto perdeu, "Kun" Caraças



O Manchester City venceu o FC Porto por 2-1 em jogo da primeira mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa. Os ingleses estiveram a perder, deram a volta na segunda parte e levam um resultado positivo para o jogo da segunda mão. A equipa portuguesa fez provavelmente os melhores primeiros 45 minutos da época. O Porto apresentou na primeira parte uma intensidade alta e foi quase sempre dominador perante o líder do campeonato inglês. Chegou ao intervalo a vencer por 1-0 (golo de Varela aos 27 minutos). 
Na segunda parte o City foi muito superior e aos 55 minutos enviou uma bola ao poste por Micah Richards. Pouco depois, um minuto para esquecer de Alvaro Pereira. Primeiro ao levar um amarelo que o afasta do jogo da segunda mão e logo a seguir ao fazer um auto-golo que permitiu o empate à equipa inglesa. Com o golo o City passou a controlar os acontecimentos, não permitiu ao FC Porto qualquer oportunidade de golo e chegou à vantagem, aos 85 minutos, por Kun Aguero que havia entrado poucos minutos antes.
O Manchester City está em vantagem na eliminatória e o porto precisa de marcar pelo menos 2 golos na segunda mão para seguir em frente.

Tática do Zenit: Matar Rodrigo



A gélida noite de São Petersburgo ficou marcada pela negativa, não só pelo resultado mas, também, pelo fato do SL Benfica ter perdido Pablo Aimar para a 2ª mão dos Oitavos de Final e provavelmente o menino de ouro da Luz - Rodrigo. Uma entrada muito violenta (mais uma) de Bruno Alves alterou tudo o que Jorge Jesus tinha planeado para este embate. O árbitro Jonas Eriksson falhou na avaliação disciplinar que fez à entrada de Bruno Alves sobre Rodrigo aos 16 minutos de jogo. Além de demorar na mostragem do cartão, errou na cor: era para vermelho direto.
Quando questionado se o cartão amarelo a Bruno Alves pela falta sobre Rodrigo é bem mostrado, Jorge Coroado não tem dúvidas: "Para mim, seria cartão vermelho. Foi uma entrada a destempo, sem condições de jogar a bola e com a sola levantada na direção do adversário. Roça a violência, algo que é habitual em Bruno Alves.". A mesma opinião parece ter Pedro Henriques "É um lance passível de mostragem de cartão vermelho, pois foi uma entrada com uso excessivo de força em tackle deslizante de sola, pondo em risco a integridade física do adversário.".
Com os maiores tubarões europeus atrás do novo craque da Luz, este irá ter de parar de mostrar o seu potencial durante os próximos jogos, devido ao "forte traumatismo na anca esquerda".
De salientar ainda o batatal em que o jogo foi disputado. É lamentável que um quintal destes receba aprovação para um jogo da Champions League. Em Portugal, há equipas das distritais com um campo de qualidade superior a este.
Uma outra nota para o fato de, apesar das temperaturas rondarem os -15ºC, Emerson jogou os 90 minutos de manga curta. Ou é raça ou é maluco. A1ª não será certamente.
O SL Benfica tem todas as possibilidades de passar esta eliminatória. O jogo da 2ª mão será num campo de futebol e, por isso, vamos ver futebol. O 1-0 basta para a equipa comandada por Jorge Jesus seguir em frente, mas este deverá ser um resultado pouco provável. O SL Benfica normalmente sofre pelo menos um golo por jogo, e normalmente marca dois ou mais golos. Mas num jogo da Champions League tudo pode ser diferente. O único resultado que serve à equipa "portuguesa" é a vitória.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

"E os cobardes morrem sós."


Domingos Paciência, técnico que foi demitido pela SAD do Sporting, emitiu um comunicado onde nega que alguma vez tenha tido contactos com dirigentes do FC Porto ou qualquer outro clube, como chegou a ser veiculado, e assume que, por sua vontade, não teria saído de Alvalade.
Ao mesmo tempo, o treinador ameaça mesmo levar o processo a tribunal. "Se esse fonte verdadeiramente existiu, foi obra cobarde de quem se refugia no anonimato (...) E os cobardes morrem sós", conclui.

Comunicado de Domingos Paciência na íntegra


No processo de rescisão com o Sporting Clube de Portugal fui surpreendido com uma informação absolutamente disparatada e lesiva do meu bom nome. A informação foi avançada pela agência Lusa e dá conta de que eu teria tido um encontro com dirigentes do FC Porto, com vista ao meu futuro profissional, alegadamente com base numa "fonte próxima da estrutura leonina".
Nem precisaria de negar tão absurda informação, porque, felizmente, ao longo da minha carreira profissional, quer como jogador, quer como treinador de futebol, sempre coloquei à frente de tudo um valor: a dignidade. É com dignidade que sei estar no desporto e os responsáveis dos clubes que representei até hoje são as melhores testemunhas para atestar o que digo. É claro que não tive qualquer encontro com dirigentes do FC Porto ou de qualquer outro clube, porque estive sempre de corpo e alma no projeto Sporting até ao dia em que me surpreenderam com a interrupção desse projeto. Não é por minha vontade que deixo o clube, nem isso estava nos meus horizontes.
Atendendo a que o momento do Sporting requer serenidade, não me alongarei em considerações. No entanto, há algo que sou obrigado a fazer: acionar judicialmente a agência Lusa pela informação falsa avançada e veiculada também por outros órgãos de comunicação social, com origem na notícia dessa mesma agência, o que também lamento.
Será em tribunal que os responsáveis por esta notícia disparatada terão de responder, mesmo com uma "fonte próxima da estrutura leonina" a servir de base. E se essa fonte verdadeiramente existiu, foi obra cobarde de quem se refugia no anonimato e não hesita em manchar a honra de um profissional com calúnias infundadas. E os cobardes morrem sós.

Oitavos-Final da Champions 2011/2012 - Zenit vs Benfica

O SL Benfica é claramente o favorito nesta eliminatória. Tem melhores jogadores e melhor equipa. Tem um treinador muito mais evoluído e um estilo de jogo muito mais agradável. A equipa de Jorge Jesus tem a obrigação de passar esta fase. Tem capacidade suficiente para vencer os dois jogos. Se na pré-época o objetivo era passar a fase de grupos o objetivo agora mudou. A não ida aos quartos de final será um fracasso nesta prova dadas as circunstâncias. O Zenit pode oferecer resistência a outras equipas portuguesas, mas ao SL Benfica isso não pode acontecer. O  SL Benfica mostra dia após dia ser a equipa que melhor futebol pratica em Portugal (de longe) e tem de mostrar todo o seu potencial além fronteiras. O Gigante acordou e quer ser visto no topo da Europa. Para isso tem de jogar igual à sua identidade. As principais dificuldades serão as temperaturas negativas e a adaptação ao relvado. 
Um bom resultado será uma vitória, marcar fora é importante e Jorge Jesus tem a plena noção disso e inventar não estará na sua cabeça, ou não estará na memória o fracasso no jogo com o Liverpool da Liga Europa.
Possível onze inicial: Artur, Maxi, Luisão, Garay e Emerson; Matic; Bruno César; Witsel e Gaitán; Rodrigo e Cardozo.
Não creio que Nolito e Aimar façam parte do onze inicial devido às condições do relvado. Javi como se sabe está lesionado.